Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2018

Por que Japoneses Andam de Costas? - Te Explico! Grande Almanaque do Alexandre

Ao fazer uma caminhada pelos parques ou ruas do Japão, você poderá se deparar com uma cena insólita: gente andando... de costas!

Calma, isso tem um motivo, tá? E é muito recomendado para idosos.

Assista ao vídeo que eu te explico essa história em um minuto, é rapidinho!


Visualizar esta foto no Instagram.
Exercicios para o equilibrio. Idosos Uma publicação compartilhada por Grande Almanaque Mauj (@oalmanaque) em 1 de Out, 2018 às 5:22 PDT
Tenho postado vários vídeos lá no instagram, tá?
Clique aqui e me acompanhe por lá!
Obrigado!

A Prisão da Mente - Doutor Peter Liu - Grande Almanaque do Alexandre

Eu sou fã do Doutor Peter Liu, um grande médico chinês residente no Brasil.

Além de conhecer e exercer muito bem a medicina tradicional, carrega consigo a sabedoria da antiga (e muito bem testada, comprovada e estudada) medicina chinesa.

Une ainda os aspectos mentais e corporais; boa parte de nossos problemas físicos são oriundos de nossas somatizações, conflitos mentais.

Gostaria que você assistisse com muita atenção dois vídeos deste querido e muito competente médico.

 (imagem - link e créditos)

Tema -  A PRISÃO DA MENTE.




E continuando o tema...



Obrigado e bom fim de semana!

Aquário Aqua Totto - Kakamigahara, Gifu - Grande Almanaque do Alexandre

É o maior aquário de água doce do Japão, um dos maiores do mundo.
Vem comigo ao Aqua Totto, na cidade de Kakamigahara, província de Gifu.

Mais de 20 mil animais e 2000 plantas em uma área de 8500m².
Construído com finalidade de entretenimento educativo, o Aqua Totto apresenta um panorama completo da flora e fauna ribeirinha.

Dica de passeio bem legal pelo Japão, anote aí!

O aquário possui quatro andares, cada um representando um ecossistema e sua importância.


1º andar - Criaturas da Amazônia (majoritariamente Brasil e Peru) - podemos encontrar no local aruanãs, pirarucus, arraias de água doce e até mesmo mamíferos (capivaras).



2º andar - Ásia e África  - reprodução do ecossistema dos rios Yangtzé (China), Mekong (rio imenso  que corta a China, Camboja, Vietnã, Tibete, Laos, Mianmar e Tailândia), Congo e Lago Tanganyka (África).



3º andar - Animais raros do Japão, trabalho de preservação e proteção de espécies em risco de extinção.



4º andar - Floresta e nascente do Rio Nagara - como na…

Dinossauros no Shopping - AEON Odaka, Nagoya - Grande Almanaque do Alexandre

Certo dia estávamos em Nagoya, capital da província de Aichi.
Resolvemos dar um pulo no AEON Odaka (antigo Jusco), no distrito de Midori.




No saguão principal do depaato fomos recepcionados por um pteranodonte falante!
"Dinosaur World", mostra de enormes e incríveis robôs dinossauros.

O triceratops era bem realista, chegava a assustar a criançada.

Eu filmei pra você, veja no vídeo acima, muito legal!
E se inscreva em meu canal no youtube! Clique aqui! 

Coral Gospel das Japonesas no Festival das Estrelas - Grande Almanaque do Alexandre

Estava eu no Festival das Estrelas - Tanabata Matsuri, na cidade de Anjo (província de Aichi).
Deparo-me com um belo coral gospel! Que surpresa boa!

Filmei pra você, veja que lindo e emocionante!

 Amazing Grace - Gospel Choir Anjo

Um grupo de japonesas, donas de casa, montaram um grupo de música gospel.
Chamaram um professor de canto para ajudá-las.
Ensaios, cantoria, alegria.

Percorrem asilos, escolas, festivais em geral cantando e alegrando as pessoas.
Espalham amor através da música.


 I Will Follow Him - original de Peggy March. Quem assistiu o filme "Mudança de Hábito" 
certamente se lembra desta música.

Mesmo com a dificuldade do idioma (a maioria não fala nada de inglês), são esforçadas e fazem uma bonita apresentação.



Aleluia, de Handel.

Bem legal, né? Vi e me emocionei.
Ah, inscreva-se no meu canal do youtube, postarei mais vídeos, tá?


Aventuras no Rio de Janeiro - Museu Nacional - Memórias - Grande Almanaque do Alexandre

Oi gente, que saudades.
Acabou o período de férias, estamos de volta com o blog!

 (do jornal "Asahi")


Nos meus tempos de adolescente fui ao Rio de Janeiro com uns amigos.
Aventura deliciosamente irresponsável, louca; coisa de garotos aventureiros.

Viajei ao Rio "secretamente" - meu pai havia proibido qualquer viagem ao estado fluminense (medo de violência, arrastão, drogas, etc). Coisas de pai superprotetor e um tanto alienado (ué, eu sou de São Paulo, desde quando violência/insegurança é novidade para paulistano?),

Então certo dia papai ficou sabendo que eu iria passar uma semana na praia, com amigos...
Só não disse para ele que as praias eram cariocas.

Jamais iria perder uma viagem ao Rio por causa dos fricotes de um velho chato e autoritário, né?
E desde então amo tanto a cidade como o estado, meu coração foi roubado por lá.



(da BBC de Londres).
Visitei aquela lindíssima edificação, na Quinta da Boa Vista. Bairro Imperial de São Cristóvão..
Museu Nacional, antigo…

Peixinhos Mortos de Fome - Lebistinhos ou Mini Piranhas? Grande Almanaque do Alexandre

Uns bons anos atrás eu criava muitos peixes.
Tinha aquários de tudo quanto é tamanho e todo tipo de peixe. Adorava muito.

Sigo amando os peixinhos ornamentais, mas hoje em dia prefiro apreciá-los na natureza, livres.

Transcrevendo uma velha fita mini-dv que gravei, me deparei com meus filhotinhos de lebiste devorando um bloco de minhocas secas. Adoravam!

Veja que louco, parecem filhotes de piranha!

Mortos de fome, certeza que puxaram o dono!

Ah, clique aqui e veja meu peixinho que vivia... de cabeça para baixo - "Mundo Invertido do Negão"

A Dança Da Toalha de Imabari - Imabari Onmaku Matsuri - Grande Almanaque do Alexandre

Neste fim de semana teremos o Festival Onmaku na cidade de Imabari (província de Ehime).
Muita dança, comida, fogos de artifício, shows, eventos diversos; é mega divertido!


Imabari Onmaku "Towel" Dance #imabari #onmaku #imabaritowel #ehime #shikoku #bondance #bonodori #japon #giappone #japan #japão #dançajaponesa #ondo #おんまく #今治 #いまばりタオル Uma publicação compartilhada por Grande Almanaque Mauj (@oalmanaque) em 2 de Ago, 2018 às 12:46 PDT Foto que fiz no Onmaku 2017.




Filmei um pouquinho da "Dança da Toalha", já que Imabari é famosa por suas toalhas de altíssima qualidade. Veja os vídeos acima.

Em breve a gente fala mais deste festival, tá? Dia corrido hoje, o post foi curtinho.

Show de Fogos de Artifício (Hanabi) de Okazaki - Grande Almanaque do Alexandre

Okazaki Hanabi Taikai, ano de 2010. Show de fogos de artifício na cidade de Okazaki, 
província de Aichi.

Verão no Japão é época de hanabi, os enormes e lindos shows de fogos de artifício.
Duram de uma a duas horas,  o céu se colore e pontilha em luz, encantando a todos que apreciam o evento.


Filmei pra você um pedacinho do belíssimo show de fogos de Okazaki. A música é tradicional, referente a todos os hanabi do Japão -  Nippon Hanabi Ondo, por Otsuki Miyako e Harada Naoyuki.
Fique de olho, o Hanabi de Okazaki (Okazaki Joka Ieyasu-ko Natsu Matsuri) acontece nesse sábado, 4 de agosto de 2018, das 18:50 às 21:00h. Chegue cedo, porque o evento lota de gente.
O evento é realizado próximo ao Castelo de Okazaki.

O Templo Da Divindade Das Três Cabeças da Grande Escuridão - Henjoin, em Hekinan - Grande Almanaque do Alexandre.

Eu queria um pouco de paz,  resolvi meditar umas horinhas no Templo Henjoin.
Este bonito templo localiza-se na cidade de Hekinan, província de Aichi. De orientação Jodo-shu, Budismo da Terra Pura.
Gosto deste verde todo, que circunda o templo. Monges ecoavam a Sutra do Lótus,  que conferia ainda mais calma e paz ao local.
O templo e suas edificações são bem antigas. Mais de seis séculos de história e devoção.
O templo é famoso pela estátua do  Deus da Grande Escuridão das Três Cabeças (Sanmen Daikokutei).  Infelizmente não pude fotografar para você ver.
Cada cabeça da divindade protege um dos três tesouros do Budismo: Buda, suas leis/ensinamentos e seus seguidores.
Daikokutei, a Divindade da Grande Escuridão,  representa a prosperidade, abundância.
Idem fertilidade e colheitas fartas.
Passarinhos cantavam lindamente, dia de muito calor. Acompanhados pelo som dos cantos budistas,  montaram uma sinfonia de paz.

O Frango Chá Mate do Brasil - Grande Almanaque do Alexandre

Temos aí um produto sul-americano que japoneses pouco conhecem. Chá mate, descrito como uma "salada bebível, erva rica em minerais".

Mesmo desconhecido, o tal do chá mate se torna  um brand de carne de frango importada do Brasil. Mate Chicken, cartaz de anúncio da  indústria de alimentos Nippon Ham. 



 Galinhas alimentadas com ração especial e extrato de folhas de chá mate produzem uma carne mais saborosa, nutritiva e tenra, dizem os produtores. Realmente é mais gostosa.


Aliás, um dos sinônimos de Brasil no Japão,  além do café, é frango.  Olha aí um pacote de frango-chá-mate Sadia exportado ao Japão.


Ah, o chá mate, na forma de bebida, por aqui não pegou, não casa bem com o paladar local. Faz mais sucesso no frango, rs.


* 12 CURIOSIDADES SOBRE MIM * Grande Almanaque do Alexandre

Essa brincadeira veio lá do Facebook, pela minha querida amiga Paula Titose.
Ah, fiz um novo perfil no Facebook. Quem quiser me adicionar, esteja a vontade, tá?
Olha o link aqui!

Falando um pouco sobre mim mesmo, vamos lá.



* 12 CURIOSIDADES SOBRE MIM *

1 - Amo o Brasil e o Japão, mas não gostaria de ter nascido em nenhum dos dois países. O bairrismo brasileiro me incomoda profundamente.

2 - Minha relação com familia sempre foi mediana pra ruim.

3 - Por falar em família, tenho parente preso/envolvido na Operação Lava Jato! (sim, é verdade, mas é gente que graças a Deus meu santo nunca bateu, então é gente que tanto faz).

4 - Como de tudo e gosto de comer bastante.

5 - Me divirto muito com as coisas que inventam sobre mim. O povo fofoca mesmo, é cada história divertida que eu racho ao "ficar sabendo"

6 - Nunca traí namorado, não suportaria acordar com um corno ao lado na cama.

7 - Não vejo televisão, não ouço as músicas da moda; não me encaixo nas modinhas em geral.

8 - Já li…

3D, a Tecnologia que Morreu - Grande Almanaque do Alexandre

Viagem no tempo, retorne com a gente até outubro de 2009. Minha amiga Elaine conferia uma TV 3D Viera, da Panasonic.
O grande destaque nas lojas japonesas de eletrônicos eram os aparelhos que traziam entretenimento/informação  em três dimensões.
 O mundo eletrônico em 3D até que gerou um certo interesse  enquanto novidade.  Propagandeada como "a tecnologia do futuro".
Tal futuro nunca veio, o 3D não pegou. Era uma coisa meio chata, pra falar a verdade.
Gravador/reprodutor de Blu-ray em 3D. Pouca coisa foi disponibilizada para reprodução tridimensional. Era tudo caro e não havia interesse do consumidor.

Lembro de alguns filmes que vi em 3D,  mas os óculos para reprodução tridimensional incomodavam.  Olha minha amiguinha Elaine novamente.
No mesmo ano de 2009, a Fuji correu  e trouxe a primeira câmera digital amadora em 3D.
Fujifilm Finepix Real 3D W1
A qualidade das fotos era horrível,  a câmera tinha uma péssima funcionalidade.  E era carinha, 500 dólares em média.

Mister Donut - Kagawa - Os Doughnuts da Preguiça - Grande Almanaque do Alexandre

Manhã de um certo dia de inverno. Tínhamos voltado de um show e de uma festa,  estávamos no maior bagaço.
Vai bem um café, comer uns docinhos. Paradinha no Mister Donut. Província de Kagawa, cidade de Marugame.
Uma volta por Kagawa - Marugame, Zentsuji, Ayauta.  Amo doughnuts, rosquinhas! Bom demais, né?
Doces do Japão não são muito doces.
O paladar nipônico prefere assim. Menos açúcar, menos enjoativo; 
eu também gosto menos açucarado.
Pegamos uns copinhos cheios de rosquinhas diversas. Sabe aquela preguiça de escolher o que comer? Continuação - Um Passeio por Kagawa - Marugame, Ayauta, Zentsuji
Ali tem um pouco de tudo,  então nem é preciso pensar em qual doce comer, rs.
Café à vontade, bebemos muito, rs. Era preciso.
A carinha do Junior! Nosso nome, neste dia, era sono e preguiça, rs.

O Tonkatsu do Marutomo - Costeleta de Porco Empanada - Grande Almanaque do Alexandre

Estávamos passeando pelo "AEON", shopping centre japonês. Bateu a fome. Resolvemos almoçar no "Marutomo". Estamos na cidade de Imabari, província de Ehime.
A especialidade da casa são os frutos do mar. Dá até para escolher o peixe de sua refeição  (coisa que me arrepia, sinceramente).
Mas esqueça seu preconceito de que japonês só come peixe cru. O cardápio conta também com pratos tradicionais japoneses,  de carnes empanadas e fritas. Uma delícia!
Vamos dar uma olhadinha na decoração do restaurante?
O restaurante homenageia os pescadores do Japão.
Todo rusticão, a decoração lembra um navio pesqueiro. Simples, sem frescuras.
Símbolos de sorte dos pescadores estão presentes na decoração.
Chega de papo, vamos fazer nossos pedidos. Decidimos por Tonkatsu: costeleta de porco frita e empanada à moda japonesa.
Vem uma boa porção de carne. Deliciosa, tenra e sequinha.