8.03.2017

Radio à Manivela - Na Hora do Desastre - Grande Almanaque Mauj

Rádio à manivela.
À venda no Yamada Denki, 
uma rede japonesa de eletrônicos.

 4900 ienes, uns 140 reais.


Mas.... por que um rádio à corda?
Nostalgia? Um rádio de galena modernizado?

O Japão é um país propenso a grandes desastres naturais.
Do nada pode tremer tudo, terra que se abala e vidas idem.

A boa infraestrutura japonesa, por mais preparada que seja para catástrofes, não é a prova deles.




Rádios de manivela não precisam de eletricidade, nem pilhas, para funcionar.
Mesmo que acabe a luz, se faz possível ouvir as notícias e informações de emergência transmitidas pelas empresas de comunicação e governo.
Quem fornece a energia é o próprio usuário.
 

Ainda podem servir de lanterna.

E também de carregador de celular.
Basta girar a manivela e manter operante uma 
via de comunicação importante.




São vários modelos destes rádios, tão úteis em tragédias.
Geralmente são feitos com materiais resistentes à água, calor e choques físicos.
Quem curte acampamento e alpinismo também costuma levar um desses consigo.

E no Brasil seria muito útil nos tempos de apagão, rs.

Nenhum comentário: