8.01.2017

Pachamama - O Imenso Amor da Mãe Terra - Grande Almanaque Mauj




Pacha é um termo em Aymara e Quechua, significa 'terra, mundo, universo, tempo'.

  • pacha kununuy (terremoto com ruído alto). 
  • pachamit'a (o tempo - cada uma das quatro estações que divide um ano). 
  • pacha K'anchay (luz do mundo, luz solar). 
  • Mama, "mãe"



Pacha Mama, a Mãe Terra, é uma deusa totem inca.
Representação feminina do planeta Terra e toda a vida que nela habita.

Símbolo de família e amor.



1º de agosto é a data que todo o mundo andino celebra e agradece a Pacha Mama.

Festas ritualísticas são executadas, trajes especiais são vestidos e muitas orações de agradecimento e pedidos são feitas neste dia de renascimento espiritual.



Os incas enterram, próximo às casas e na naturaza, panelas artesanais de barro repletas de alimentos cozidos, bebidas alcóolicas, cigarros, frutas, folhas de coca.
Tudo para que a divindade se sinta feliz, agradecida. 

Pacha Mama contente é garantia de um bom ano na Terra, com muita harmonia, prosperidade e felicidade.



Os tempos mudaram.
Atualmente a festa tem uma forte conotação ecológica, no sentido de entender que somos todos filhos da Terra, de Gaia, de Pachamama.

Faz sentido dizer que todos somos um, pois nossa morada se faz única - o judiado planeta azul.


Através de sua mitologia, os habitantes do Peru, Bolívia, Paraguai, Chile, Equador e parte da Argentina reconhecem o privilégio de habitar este planeta.  O amor da mãe-Terra, que é tão grande, nos proporcionou um lar perfeito.

Nós, como filhos rebeldes, esquecemos da sabedoria dos antigos e infelizmente nos empenhamos em destruir nossa própria casa.



Sumak kawsay - Viva bem!



Pachamama na cosmologia dos Incas, arte de

(imagens via google)

3 comentários:

Fabiano Mayrink disse...

Obrigado Mauj pela lembrança! A terra parece mesmo como uma mãe que nos acalanta e nutre com todo o amor de Deus! Um abraço apertado daqui!!

Anônimo disse...

lindo

Adelaide Araçai disse...

Que lindo amigo, eu desconhecia que esse dia tinha um significado tão lindo (é que fico tão dentro do meu umbigo curtindo meu níver....rsrs) Adorei saber um pouco mais sobre essa forma cultural de celebrar algo que o ser humano tem maltratado tanto.

Muita Luz e Paz
Abraços