Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Meinhas Japonesas Muito Fofas - Don Quijote - Grande Almanaque Mauj

Olha que gracinha!
Sim! É uma meia! E tem... beicinho! 
Japoneses são doidos e criativos, meias com lábios a gente encontra aqui nesse Japão!
Tem meia com carinha... e tem meia com comidinha! Meias da série "Omoshiro" (engraçado/divertido, em japonês).
Reproduzindo perfeitamente várias embalagens de produtos tradicionais japoneses, que você encontra em qualquer cozinha do arquipélago. (e de brinde uma galinha com biquinho)
 Para você que não cresceu, as fofas meias da Disney
 Tamanho do infantil ao adulto, afinal de contas somos crianças de todas as idades

Muito fofinhas, kawaii! Dá até dó de pisar nos personagens, né?

Dá vontade de levar uma de cada, mas não comprei nenhuma. (promoção: 3 pares por 28 reais/999 ienes).
 Só podia ser coisa do Donki - Lojas Don Quijote, que vende de tudo!
Confira nos links abaixo outras maravilhas que encontramos nesta louca rede nipônica de ofertas:
Máquinas de sexo japonesasCanecas japonesas engraçadas e bizarras As Cuecas Bizarras do Homem dos Dedinhos

O Medo do Ataque Nuclear Norte-Coreano - Grande Almanaque Mauj

 25 de Abril de 2017.  Primavera no Japão.
 Era para ser mais um dia comum e cheio de flores.
Porque era primavera aqui no Japão. Pelo temor de um ataque nuclear e mísseis norte-coreanos, as ruas estavam estranhamente vazias.
Centro da cidade de Imabari, vazio. Uma das maiores cidades da região de Shikoku.
 Teve horas que pensei estar em uma cidade fantasma, abandonada. Porque não encontrava alma viva a caminhar.
Mas a tensão no ar estava presente.
 Avenida da prefeitura local, sem carros nem pedestres. O local, em dias normais, é movimentado. (Edifício da Prefeitura - obra de Kenzo Tange,  um dos mais famosos arquitetos japoneses).
 Nas ruas semi-mortas, o comércio sem funcionar. Creio que os japoneses preferiram ficar em casa. Foi um dia tenso para todo o arquipélago japonês.

Bon Odori Parade - Chiryu Yoitoko Matsuri - Grande Almanaque Mauj

No vídeo acima, imagens que fiz do Bon Odori Parade.
Cidade de Chiryu (província de Aichi).

Dancinhas japonesas fáceis, de melodia idem, para que todos possam dançar e cantar.
E assim vai o povo pelas ruas, cantando e dançando, nos festivais japoneses de verão (Natsu Matsuri).


Festival de Dança Japonesa Nippon Domannaka Matsuri - Grande Almanaque Mauj

O "Nippon Domannaka Matsuri" é um grande e belíssimo festival japonês de dança.
Realizado durante 3 dias no mês de agosto, nas ruas do centro de Nagoya (Aichi).

Dançarinos de todo o Japão e até do exterior encantam o público com suas danças coreografadas e trajes, que refletem a cultura e tradição de suas origens.

É lindo!
Uma maneira alegre e festiva de celebrar as tradições japonesas.



Filmei um pouquinho para você ver, dê uma olhadinha no vídeo acima.
Dança com base na música folclórica "Soran Bushi", da região de Hokkaido, norte do Japão.

Drenagem Linfática E Outras Coisas - Massageador Carat - Grande Almanaque Mauj

 Estava eu em uma loja japonesa de beleza e estética  e encontrei esse treco aqui. Tem selo de "Good Design". Hummm...porque será?
As cuecas bizarras do ator pornô "Homem dos Dedinhos".


 É um massageador facial/corporal.  O fabricante garante que o ReFa Carat (o aparelho acima)  promove uma ótima drenagem facial e corporal.
Máquina de sexo japonesa. Veja no link.

Mas não parece outra coisa? Fala para mim se não?  Colega, compra um para suas noites de solidão e massageia... geral, rs. Se o maridão achar ruim, você explica que é um massageador facil  que não pega nada. A cara da japa, toda feliz, realizada com o Carat dela. Safadinha!
Em teoria é assim que você deve usar o aparelho.

O Dia Que o Palhaço Chorou - Jerry Lewis e Seu Mais Controverso Filme - Grande Almanaque Mauj

Em 1972, Jerry Lewis, o grande humorista de todos os tempos, resolveu fazer um filme mais sério.

The Day the Clown Cried, "O Dia que o Palhaço Chorou", contava a história de um palhaço que levava crianças à morte.


Durante a Segunda Guerra Mundial, Helmut Doork (Lewis), um palhaço decandente, é preso pela Gestapo, por debochar de Hitler em um bar.

Enviado a um campo de concentração, é designado a fazer palhaçadas para atrair crianças judias às câmaras de gás.


O argumento é de um mau gosto inacreditável, mesclando holocausto, palhaçada, em uma pieguice desrespeitosa com as vítimas de tão triste momento da história mundial.


Nos tempos do Emule vi alguns trechos do filme, mesclados com uma "reconstrução" posterior do mesmo por atores diversos. O roteiro está disponível para download em cantos obscuros da internet.



Jerry Lewis percebeu o quanto este filme era ruim, era sua versão de "No Céu Tem Pão".

Sequestrou as cópias da obra (que estrearia como um grande f…

Um Cafezinho... Para Refrescar! Grande Almanaque Mauj

Aguardando resolver um problema com o carro, o pessoal da oficina nos oferece chá, café e bolachinhas. No Japão o atendimento é de primeira, sabe?

 Mas olhe aí,  os japas trouxeram um café com...cubos de gelo! 

No verão não vivo sem,  aprendi a gostar aqui no Japão Adiciono um pouquinho de creme, não coloco açúcar. 
Nos 25 anos que morei no Brasil jamais pensei em tomar
café com gelo...

A primeira vez que vi o café gelado torci o nariz, falei mal sem conhecer e até debochei. "Só podia ser coisa de japonês". Mas como isso é bom nestes dias de calor tão intenso.

A Sabedoria do Miswak - Alma e Dentes Limpos, Naturalmente - Grande Almanaque Mauj

Gravetos de miswak... para escovar os dentes. Uma tradição muito antiga,  que conheci com meus amigos muçulmanos.
São galhinhos de árvore de mostarda, com a ponta descascada. Embebe-se as cerdas em água de rosas e passa-se nos dentes. Limpa e refresca o hálito, naturalmente.

A higiene bucal com miswak tem origem na religião muçulmana:  uma boca limpa e purificada para poder orar, conversar com Allah. É um ritual de limpeza físico e espiritual.  E claro, amiga do meio-ambiente, totalmente ecológica.

Conheço muitos amigos que não trocam estas tradicionais escovas naturais por nenhuma com cerdas de nylon ou elétrica. Estudos comprovam que os galhos de miswak removem melhor a placa bacteriana que as escovas comuns.
Para os mais modernos, existem diversas pastas com extrato de miswak.
Esta é acrescida de mel e extrato de acácia branca.
A mostarda (e seus galhos) tem propriedades adstringentes e bactericidas.

Cenouras Coloridas - Grande Almanaque Mauj

Uma graça, né? Cenouras coloridas!
A gente encontra no sacolão local de orgânicos. No Saisaikiteya JA Imabari. Bem fresquinhas e sem agrotóxicos.
Um pacote com 4, 5 cenouras compridonas  custa 100 ienes (quase três reais). É. são mais caras que as comuns, quase o dobro.

Pode parecer estranho, mas estas eram as cores originais das cenouras. A cenoura cor-de-laranja foi selecionada em honra à Casa de Orange, 
a família real holandesa
Gostamos de usar estas cenouras coloridas nas saladas e conservas.
Ficam tão bonitas no pote.
Apresentam um sabor levemente mais doce que a cenoura comum.

Hamburgão Vegano - Carne, Para Que? Magnolia Vegan Café - Grande Almanaque Mauj

Que hamburgão lindo né? E delicioso.
Essa maravilha é um hamburguer vegano! Nada de carne, nem produtos de origem animal. Do pão ao ketchup é tudo orgânico e natural.

Uma delícia!  A "carne" é feita de grãos:  feijão fradinho, grão de bico, lentilha.  O sabor é leve e delicioso. Acompanham tortillas de milho. 1000 ienes, uns 29 reais.

Lá do Magnólia,  um excelente café/restaurante macrobiótico e vegano,
 que fica pertinho dos lagos e cachoeiras entre Imabari e Matsuyama. (Em Tamagawa. Província de Ehime. Tel para GPS Navi - 0898-55-435).

Okja Babe Fashion - Grande Almanaque Mauj

 Daquelas coisas que a gente só encontra no Japão: um porco fashion de estimação, passeando por aí. Vi e fotografei para você!
 Todo bonitão e estiloso, adora um carinho. De óculos escuro, porque o sol estava demais.
Deve ser muito legal ter um "Babe, o Porquinho Atrapalhado",
ou um "Okja" (aquele super porco fêmea do filme da Netflix)  para chamar de seu, né não? Que lindo esse monte de bacon!

Os Sinos de Nagasaki - Os Católicos Mortos - Grande Almanaque Mauj

Nagasaki tem algo muito em comum com qualquer cidade interiorana brasileira: os sinos das igrejas badalam, para convidar todos à missa. É um grande reduto católico no Japão.

Na manhã de 9 de Agosto de 1945 os sinos de Nagasaki se calaram.

Uma bomba atômica, despejada pelos americanos, explodia bem em cima do bairro católico da cidade.
A belíssima Catedral de Urakami, destruída, silenciou seus sinos por tristes anos.



Os sinos, mudos.
Dez mil católicos, mudos, pela morte instantânea.
Nagasaki ao pó retornava, morta ao fim da segunda guerra mundial.


Takashi Nagai, médico católico que sobreviveu à bomba atômica, registrou as memórias do ataque nuclear no livro “Nagasaki no Kane” (Os sinos de Nagasaki), em 1949.

O autor finaliza seu livro com a mensagem: “Os sinos não soaram por meses após o desastre. Tomara que nunca mais deixem de badalar! Tomara que transmitam sua mensagem de paz até a manhã do último dia mundo”.


O livro, registro de toda a triste memória do acontecimento, foi transform…