7.17.2017

Dia do Mar - Umi no Hi - Grande Almanaque Mauj


O Japão se autodenomina "Kaiyoukokka" (caiôcô'cá). 
Nação marítima.

O arquipélago sempre foi e será dependente de seus mares.
No que tange à sociedade, cultura, economia e sobrevivência, o mesmo está fortemente presente como um deus vivo e real. Onipotente.


Sem o mar, o Japão morre. E através dele é morto.

Enorme provedor de alimentos, o país nunca foi autossuficiente em termos de agricultura ou pecuária.

Nação insular, as águas foram barreira aos invasores durante séculos, mantendo o país isolado e fechado em si mesmo. E segue como rota importante de união comercial entre países.



As águas do mar é que unem as mais de sete mil ilhas que compõe o arquipélago japonês.

Pela expansão marítima buscou-se, um dia, dominar o mundo.
E quando o oceano se zanga, um tsunami chega e destrói tudo.


E até mesmo suas polêmicas tem origem no mar: japoneses com sua controversa caça aos golfinhos e baleias; o desastre nuclear de Fukushima (as águas radioativas do Pacífico) e bombas norte-coreanas que teimam em cair sobre suas águas.



Hoje é Dia do Mar. Umi no hi (úmi no rí, 海の日) em japonês.
Feriado nacional, criado pelos japoneses, para celebrar e agradecer o mar.
Data sempre celebrada na terceira segunda-feira do mês de julho.

Feliz Dia do Mar pra você!

Nenhum comentário: