6.29.2017

Por Sakae e Fushimi - Nagoya, Aichi - Grande Almanaque Mauj

Um dia de inverno.
Cidade de Nagoya, província de Aichi. 

Fazia minha caminhada pelas ruas de Sakae e Fushimi.
Te conto como foi, como se você caminhasse comigo, tá?

Estava com fome, queria almoçar em um restaurante indiano que adoro.
Simpático e gostoso.

Mas estava fechado, uma pena.


Outra opção: o restaurante bem japa. 
Kisetsu Ryouri Kamon.
Ah... não tava muito a fim de sushi, sashimi e cia, não.

Optei pelo Briccone, um italiano que tem um menu elaborado e bacana.
Orgânico.

 Sigo a caminhada depois do almoço.


SunDance é uma loja de produtos indígenas.
Gosto da loja, mas
estas luzinhas piscantes no painel.... nada a ver, né?

Biancaneve. Aqui se faz estética com agulhas. Tipo uma acupuntura da beleza.
E também tem curso de estética.
A dona do salão gosta de desenhar...

 RFFN - um festival que fazem em Nagoya, com filmes de refugiados. 
Dar voz para pessoas que sofrem perseguição política, social, fugitivos de guerra.

Max Azria.

"Bon Chic, bon genre"
A moda da Tunísia.

Loja de artesanato, uma graça essa maleta, né?

Que bunitim!

Esse predinho escondido, em forma de farol marítimo, é um restaurante
bem legalzinho. Mas só funciona a noite....

Torre da NTT Docomo. 
Acabou caminhada.

Um comentário:

Malaenxuta disse...

Ah Mauj, caminhei com vc virtualmente, mas o que quero mesmo é conhecer o Japão, coberto com aquelas lindas flores de cerejeira. Qq dia cruzo com vc aí (rs), bjão