5.12.2017

Brasil, Tem Como Explicar? Grande Almanaque Mauj

Brasil, uma grande confusão, faz tempo.

O momento tenso que o país viveu/vive se estampa nos jornais japoneses.
A mídia japonesa nada explica, pois aqui ninguém entende nada do samba maluco que é o Brasil.

E nem mesmo nós, os brasileiros, sabemos como explicar e entender o que se passa nos trópicos.
Nestes mais de dez anos que moro no Japão, já desisti de tentar entender minha terra natal.


Perguntas que sempre ouço dos japoneses:
  • Mas como ela, a presidente, foi julgada por outros políticos que tem um histórico de corrupção igual ou até maior que o (provável) dela? No seu país ladrão pode fazer papel de juíz?
  • Mas se ela era ruim, porque votaram nela novamente? Então ela foi uma boa presidente?
  • Se o partido é tão corrupto, porque está tantos anos no poder?
  • Por que partidos corruptos estão a tanto tempo no poder e não caem?
  • Como roubaram tanto e só agora as coisas são apuradas? Sempre foi assim?
  • Com tanta rejeição e problemas sociais, econômicos, etc; por que o presidente atual não renuncia?
  • Por que não fizeram novas eleições, igual o caso da Coréia do Sul?
  • Por que o vice, que foi eleito com a presidente, agiu para derrubá-la?
  • Por que julgam o ex-presidente só depois de tanto tempo?
  • Urna eletrônica, é de confiança?
  • Por que fizeram Copa e Olimpíadas se falta tanta coisa para a população?
  • Por que tanta corrupção sendo denunciada apenas agora?
  • Por que lá tudo parecer ser tão avacalhado?
  • É seguro ir ao Brasil com todo esse caos político, econômico, social?
  • Por que um país que tem tudo nada dá certo?
  • Por que as pessoas ficam brigando em redes sociais em vez de se mobilizarem politicamente?
  • Vale mesmo a pena retornar ao Brasil e encarar esse caos?
  • Por que esse processo de julgamento do ex-presidente é tao novelesco?
  • Por que a mídia é partidária e praticamente sem isenção?
  • Por que as pessoas lá parecem tão alienadas?
  • Por que até a população parece pensar só em si mesmas e não no coletivo?
  • Zika? Malaria? Chagas? Crime? Traficantes?
etc, etc, etc.


Nunca foi fácil ser brasileiro. Nem de perto e nem de longe.

Amar o Brasil é um amor masoquista e besta, cheio de sofrimento.
Amor cínico, pelo qual muito se releva e pouco se recebe.
Mesmo amando, resolvi pedir divórcio e seguir por novas terras pois cansei de sofrer.

Não me dou ao trabalho de responder as perguntas dos japoneses.

Primeiro, por não me sentir obrigado a dar respostas de nada - tem horas que japonês é enxerido demais e mando os japas se preocuparem com os problemas do próprio Japão.
E segundo, porque o Brasil é um país sem resposta.

5 comentários:

Lúcia Soares disse...

Eu respondo a todas estas perguntas. rs
Não tem mesmo muito o que explicar, só vivendo aqui para entender. Ou não entender, do mesmo jeito...Alguma coisa entendo, outras me deixam tão perplexa que fico muda...
Mas ninguém é inocente nesta história, a começar pelo povo, que é agredido diariamente, com a falta de hospitais e postos médicos, com escolas sucateadas, professores mal pagos e humilhados, casas parecendo de brinquedo sendo "doadas", como se fosse favor. É obrigação do Estado cuidar da população mais carente.
não posso falar pro nenhuma cidade, só falo pela minha. Em Belo Horizonte, há quarteirões e quarteirões, em plena área central, tomados por moradores de rua, algumas famílias inteiras.
E, não por acaso, o governo de BH é do mesmo partido da presidente.
Ela pode não ter roubado para si, mas abriu os cofres para serem saqueados.
Isto resume bem?
Beijo, Alexandre.
SE não for por amor, não volte. Não nos próximos 3 anos, pelo menos. Sendo otimista.

ValLindinha disse...

Colocando tudo assim relacionado em perguntas pareceu mais louco do que eu achava....

Tathiana Takahashi disse...

"O Brasil é um país sem resposta."
Resumiu tudo. Nem a gente que mora aqui consegue entender...

Mônica disse...

Verdade. Mas como Deus é brasileiro. Vai dar um jeito de fazer algo por nós. Não pôdemos desesperar

Michel disse...

A impressao que tenho é que o povo é imediatista e passional. E todo mundo quer dizer que é gente boa, sem preconceitos e que se preocupa com proximo.