7.25.2016

Uma Fantasia de Trombones Me Transporta - Grande Almanaque Mauj



Começo a semana com uma música que me arrepia.
Amo estes trombones poderosos, fortes, que reverberam meus ossos.

E a voz dela, Maysa.
Sempre perfeita, eternamente maravilhosa.

É para ouvir e se sentir diferente. A música que mexe, que te puxa algo diferente.

Me sinto mais sensual, apaixonado, amando e sendo amado.
Aquele bafo gostoso de amor, misturado com muita classe, força, elegância.

Do tipo "não preciso de mais nada no mundo, a não ser curtir essa música e este momento".
Sim, eu deixo uma música me transportar para outro mundo, para outro tempo.

Adoro ouvir esta música depois que saio do banho.
Corpo úmido, muito mal enrolado em uma toalha, cabelos que ainda pingam.
E danço, embalado pelo ritmo lento, sensual, tendo um grande prazer em fazer parte de mim mesmo.


Quem diria que um dia o Brasil produziu músicas deste nível.
É para se ter saudades, independente de idade.
Sou fã de MPB, amo esses clássicos mais que a vida.
É uma das coisas que me orgulho em ser brasileiro, a boa música que um dia fizemos.

Ouça e me diga se eu não tenho razão?



["Demais"]
Todos acham que eu falo demais
E que ando bebendo demais
Que essa vida agitada não serve pra nada
Andar por aí, bar em bar, bar em bar

["Meu Mundo Caiu"]
Se meu mundo caiu
Eu que aprenda a levantar

["Preciso Aprender a Ser Só"]

Ah...
Se eu te pudesse fazer entender
Sem teu amor eu não posso viver
Que sem nós dois o que resta sou eu

Eu assim tão só...
E eu preciso aprender a ser só
Poder dormir sem sentir teu calor
E ver que foi só um sonho que findou

Ah, o amor...
Quando é demais ao findar leva a paz
Me entreguei sem pensar
Que a saudade existe e se vem, é tão triste

Vem...
Meus olhos choram a falta dos teus
Estes teus olhos que foram tão meus
Por Deus entenda que assim eu não vivo
Eu morro pensando...

["Demais"]
Que é porquê meu amor por você é imenso
O meu amor por você é tão grande
é porquê meu amor por você é enorme demais


Um comentário:

Juliana Ramalho disse...

Que voaz, olhos...
Amei a minisérie sobre a vida dela.
Tenho a biografia.
Dá um toque se quiser.
Boa semana! Bjo