3.05.2016

Estação de Chiryu e Budismo - Grande Almanaque Mauj

Cotidiano.
Cidade de Chiryu, 
Um dia de março, 2016.

Chiryu. Pronuncia-se "Tiriu".
Estava eu, 
como estive e muitas vezes estarei, 
na Estação de Chiryu (em Aichi).
Esperando o velho trem vermelho da Meitetsu.
11 da manhã.


Estação tão antiga (opera desde 1923). 
Tão conhecida de tantos brasileiros que moram no Japão, né?
Plataforma 6, que segue em direção Okazaki/Toyohashi.
Sigo à cidade de Nishio.


Ao canto esquerdo da plataforma, 
um pequeno e velho altar.
Refere-se ao Templo Henjoin,
de orientação budista Shingon 
("Verdadeira Palavra", em japonês),
que se localiza perto da estação.

 O pequeno altar homenageia Kobo-Daishi (ou Kukai), 
fundador do Budismo Shingon.
A Shingon se tornou uma das maiores escolas budistas japonesas, 
de orientação Vajrayana (tibetana).


Nenhum comentário: